terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Como seria a confederação?

Na Confederação, as Associações não abandonam a sua soberania.

 A confederação será instituídas para lidar com assuntos cruciais que dizem respeito ao avanço das Igrejas em Obra de Restauração como também promover a união de todos.
A confederação será limitada a uma união permanente de Associações soberanas para o propósito de adotar uma ação comum frente a outros seguimentos e igrejas denominacionais.
A confederação não terá um presidente e sim um colegiado que comporá uma assembleia das Associações confederados, que têm direitos e deveres idênticos. As decisões desta assembléia são, em princípio, tomadas por unanimidade.
Dá-se o nome de Confederação das Igrejas em Obra de Restauração no Brasil (CONFIORB) ou Estado federal a um Colegiado soberano composto por diversas associações na Obra de Restauração, autônomas dotadas de governo próprio e tendo seu presidente como membro do Colegiado federativo.
SAIBA MAIS SOBRE O ASSUNTO > AQUI